Mundial de Motovelocidade – 125cc 2 tempos viram 250cc 4 tempos em 2012

Buy Orlistat Online center;”>

Grid das 125 cc. O juízo final se aproxima…

Os bons resultados do formato da Moto 2 estão afetando as demais categorias do mundial de motovelocidade. Na MotoGP  a idéia é antecipar para o ano que vem  as mudanças aprovadas para 2012, colocando na pista as atuais 800 cc, os protótipos 1000 cc e as 1000 cc derivadas de motos de rua, com vantagens em peso e consumo.

Para as 125cc os estudos apontam a substituição por motos equipadas com motores 4 tempos monocilindro de 250 cc a partir de 2012. Até aí já se esperava, mas a novidade é que o diâmetro do cilindro adotado é 81 milímetros, ou seja, um quarto do especificado para as novas 1000 cc que irão competir na classe principal. Essa decisão tira a possibilidade de adaptação dos motores das 250 cc  de motocross, que tem cerca de 76 mm e um curso maior, gerando cerca de 45 hp de potência. Essa configuração resultaria na potência aproximada de 50 hp, que, somada ao peso maior, fecharia a equação de uma moto leeennntaaaa, pronta para ser engolida pelas atuais 125cc sem dó nem piedade.

eulexin class=”aligncenter size-full wp-image-1487″ title=”suzuki_gp” src=”http://www.mundomoto.esp.br/wp-content/uploads/2010/06/suzuki_gp1-e1277898966282.jpg” alt=”" width=”200″ height=”142″ />

Essa “Rizla genérica” tem como base a Suzuki RMZ 450 cc…

Esse é o lado ruim da notícia, que exclui também a possibilidade da adaptação das 450 cc de motocross, que já está sendo feita na Espanha com absoluto sucesso, as motos são rápidas, belas e não requerem muita manutenção, o que certamente ocorrerá com as 250 cc.A A CB  500 cc bicilindro teve presença brilhante  nas pistas brasileiras no início da década…

O lado bom da coisa, se existe, é que a nova categoria, batizada de Moto 3, será multimarca, e pode levar à reconsideração da hegemonia do motor Honda na Moto 2. O contrato de fornecimento é de 3 anos, 2010 a 2012.  Aliás, se a proposta retoma o caminho da evolução da época das 2  tempos, a escala  certa seria 250 cc monocilindro, 500 cc bicilindro e 1000 tetracilindro, a exemplo do que acontecia na era das 125 cc mono, 250 bi e 500 tetra.

Será que a Honda vai topar???

Fausto Macieira

Comentários

20 Respostas para “Mundial de Motovelocidade – 125cc 2 tempos viram 250cc 4 tempos em 2012”
  1. Nelson Loia Jr. (S.Bern.Campo) disse:

    Rapaiz, quem será esse Loia que escrevia aqui no passado….

    Como diria a criançada: “Mitélio”…..

    [ ]s

  2. Eduardo disse:

    Quando veremos motores Triumph e Aprilia no Moto GP? Não seria bom novas marcas na disputa???
    Como ficam os motores Ducati, terão que produzir os 4cilindros em linha também em 2012???

  3. Jão disse:

    Ainda bem…motor 2 tempos só é bom em motoserra!

  4. Giuliano disse:

    Estou indigando com essa de mudarem tudo para 4t…pelo amor de Deus, já basta a desgraça que foi introduzir estas bombas no motocross…mais barulho, mais peso, mais peças móveis, mais complicação pra mexer, mais – muito mais – custo, e o pior, muito menos emoção.
    Quem ganha com isso?
    Só pode ser a Honda que sempre foi contra os 2t porque as outras fábricas a ameaçavam, principalmente a Yamaha, que cavou a própria cova com a YZF 400.

  5. Ow rapaz, falamos sim, bora falar novamente, 125 atual, 1 cilindro 2t, cerca de 50/60 hp; Moto 2 , 600 cc 4 t, cerca de 135 hp; mgp 800 cc 4 t, cerca de 230 hp. Moto 3 proposta, 250cc 4t, cerca de 50/60 hp, mais pesada que as 2 t, ou seja, vai levar pau, assim como acontece com as m2 em relação às antigas 250 cc 2t…
    Abrax!

  6. rene cardoso disse:

    Assisti no dia de ontem a trasmissão GP e não sei qual a diferença de cilindrada da GP e GP2 e os comentaristas em enhum momkento falaram?

  7. Fábio disse:

    O que acho muito grave é a questão da monomarca, esse negocio de só uma marca é péssimo, andaram pra tras, a moto 3 não sendo monomarca já é melhor um pouco… tomara que a honda não tope e fique a motorização em aberto, lembram que na 250 existiam motos com motor rotax no passado? Também acho que o regulamento deveria permitir as 2t junto com as 4t, no final das contas as 2t é mais barata..

  8. Reinaldo Gomes disse:

    Grande FM, é com muita satisfação ver que seu site esta de volta pois sou um grande fã seu.Pois na minha opinião vc é dentro das transmissões de tv o cara que mais entende do assunto.
    Gostaria de aqui fazer uma crítica qto a MOTO 2 : Acho que esta categoria foge do foco que era a a 250,com competição entre fabricas e pilotos como é a MOTO GP e a 125.
    A MOTO GP,a categoria 250 e a 125 sempre foram categorias rainhas da motovelocidade e estavam em outro nível em relação as outras classes.E portanto é incabivel uma inclusão de uma monomarca
    Nesse nível, daí meu apoio total a Aprilia à não participação nessa competição, que do ponto de vista técnico entre fábricas não existe.E como vc disse num de seus comentários ela perde em tempo de volta para até para a Supersport 600.
    Seria muito mais fácil se a dorna promovesse uma classe 600 com limites técnicos que enfatizasse o equilibrio nos investimentos das equipes para menos, ficando um custo acessível.
    Coisa que a MOTO GP esta precisando urgente em vista do gride cada vez mais fraco.
    Ta certo que nunca vou deixar de ver as corridas de MOTO GP mais assisto todas as de SBK que chegam a ser mais competitivas devido justamente ao equilibrio técnico.
    FM espero de agora em diante poder cada vez mais estar aqui pondo minhas opiniões e tirar dúvidas com vc sobre o assunto moto q é aminha paixão.
    VALEU RAPÁ e VRUMMMM VRUMMM.

  9. kissuko disse:

    Fala Fausto,
    Acompanho sempre seus comentários nas corridas da Moto GP, só que atualmente tá brabo aguentar seus companheiros de narração. Não tem jeito cara a dupla infalível é você e o Sérgio Maurício, pois as transmissões ficam mais divertidas e sinceramente, as vezes penso que estão boicotando o Sérgio. Vê se nos ajuda ai, pois acho que vários telespectadores gostariam de ter sempre esta dupla fantástica nas transmissões da Moto GP.

  10. Loia disse:

    Com a saida dos 2 T, a molecada brasileira vai ter que remar tudo de novo já que eles estão bem treinados com as 2T…vai zerar tudo.abs

  11. Loia disse:

    Professor FM , fala ai…
    Moto2 andando menos que supersport CBR pega mal.
    Beleza..tudo bacana mas a moto2 motor Honda toma pau da supersport 600cc…(1) a CBR tem chassis de rua, não anda de slick e motor Honda (2) …a moto2 tem chassis liberado!!!!, pneus slicks!!! e motor Honda..q isso?? quem sabe se o pessoal da HRC fizesse um cursinho rápido na Ten kate pra aprender como preparar um motor deles mesmos…brincadeiras a parte claro q sabemos q a moto2 está só começando mas que fica chato fica…se bobear vão querer aumentar a cilindrada da moto2 para abafar o caso…que pena sumir com as 2 T , é um baita desafio pilotar uma 2 T na pista..já andei de Tz e não é brinquedo. abs.

  12. faustomacieira disse:

    Ei paulo,
    Pois é, rapaz, é um dilema, tecnologia ou disputa, qual é a prioridade? tecnologia é bom e reverte para o bem de todos, mas competição é essencialmente disputa, pega, intensidade e emoção. E aí, camarada, muda tudo, ou talvez não muda nada, igual pra todo mundo e vamos ver quem curuza a linha de chegada primeiro…
    Grato pela participação, nos vemos na Catalunha!
    FM

  13. Paulo Rodrigo Bünecker disse:

    Fausto, acho muito interessante o equilibrio de forças em qualquer categoria de velocidade. Se por um lado não se deve limitar os avanços tecnológicos, por outro não se pode esqueçer da competição nas pistas, pois é isso que atrai público e consequentemente os patrocinadores, que mantém os espetáculos na mídia e garantem a sobrevivência dos eventos.

    Assim também os pilotos passam a ter maior importancia, e não apenas o equipamento, como se vê a muito tempo na F1, onde quem tem o melhor carro sempre ganha. Creio que todos que estão na F1 são excelentes pilotos, muitos no mesmo nível, só que apenas alguns chamam mais atenção porque estão sentados em carros MUITO melhores que outros…perde a graça quando é assim.

    Grande abraço, aguardemos a Catalunha !!

    Paulo Rodrigo Bünecker.
    Lajeado-RS

  14. faustomacieira disse:

    A idéia é fazer um crescimento linear, mono, bi e tetracilindro, mas se fosse bicilíndrica é possivel que quebrasse menos…
    Gracias pela participação, camarada.
    Aquele abraçow!
    FM

  15. faustomacieira disse:

    Fala Creizi Bobby
    Se fala em motores em torno de 10 mil euros, chassi artesanal tipo Moto 2. Concordo que os motores 450 de mx dariam menos manutenção. Tem mta coisa pra esclarecer nos próximos movimentos.
    Gracias pela participação,
    aquele abraçow!

  16. faustomacieira disse:

    Fala PP, tou sabendo, e torço para que dê certo, de toda forma, vai ser bacana ver Rossi de vermelho.
    Gracias pela participação,
    aquele abraçow!

  17. parker disse:

    Fausto, a Motorcycle News, em edição especial, mostra na capa que Valentino já fechou com a Ducati para a próxima temporada.
    A estória do salário reduzido e a vontade de Rossi de se afastar de Lorenzo teriam sido o motivo principal da não renovação do contrato com a Yamaha para 2011.
    Na Ducati Rosi vai receber 12 milhões de libras por 2 anos de contrato (cerca de R$ 32,6 milhões).
    A revista indicou que um “figurão” da categoria (nome mantido em segredo) revelou: “É certo que Rossi correrá pela Ducati na próxima temporada. O acordo já está feito. Há um mês, parecia impossível imaginar isso, mas Rossi estará vestido de vermelho no próximo ano”.
    Segundo a revista o anúncio oficial será feito na Catalunha.

  18. parker disse:

    Também acho melhor motores com menor diâmetro e maior curso, pois acho que eles alcançam mais rapidamente maiores rotações e desenvolvem melhor potência.
    Acho a fórmula do 450cc de MX (parodiando o rock gol de domingo) “totalmente excelente”.
    Bem, ao menos a FIM não é a FIFA e costuma ouvir conselhos, aprende com os erros e os repara rapidamente.

  19. Elias Jr - Ribeira do Pombal - Ba disse:

    Infelizmente a categoria será nova, 250cc, será composta com apenas um cilindro.
    Porque será que não pode ser utilizado com dois cilindro como é a ninja 250cc??

  20. bobby disse:

    como fica o custo desta mudança ? alem disto qual o setup que as equipes poderiam mexer ??? no meu ponto de vista o mais sensato seria motores de 450 cc de cross. ‘nao acha ? abraços

Falae, rapá

Solte o verbo, mas sem pesar a mão...
e se quiser incluir um avatar para seus comentários, crie o seu gravatar!